Paraná para os paranaenses

Paraná para os paranaenses 1
Incentivo ao ecoturismo (Foto Panorama do Turismo)

Com a determinação de deixar tudo pronto e favorecer a retomada da atividade turística, tão logo seja possível, o governo paranaense e entidades do setor articularam e já trabalham cenários para o pós-pandemia.

No eixo do Projeto de Retomada do Turismo no Paraná, a principal meta é possibilitar a recuperação da economia dessa cadeia produtiva a partir do turismo regional. Ou seja, os paranaenses serão incentivados a viagens de até 200 quilômetros, aos mais conhecidos atrativos do próprio estado.

Dividido em três fases, o citado projeto também trata de ações de capacitação e qualificação de serviços do segmento, a exemplo dos meios hospedagem, restaurantes e agenciamento turístico.

Nessa iniciativa estão envolvidos a Paraná Turismo, Invest Paraná, Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, instituições dos setores público e privado integrantes do Conselho Paranaense de Turismo e, ainda, as quatorze Instâncias de Governança Regionais.

“Durante o isolamento social e o fechamento do comércio, trabalhamos incansavelmente para proporcionar a retomada do turismo em todas as regiões. Queremos aproximar os destinos turísticos do estado dos paranaenses, brasileiros e estrangeiros, como determinado pelo governador”, afirma o secretário do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes.

Entre os polos emissores de turistas foram elencados Curitiba, Ponta Grossa, Londrina, Maringá, Umuarama, Campo Mourão, Cascavel, Toledo, Foz do Iguaçu, Pato Branco e Guarapuava. A intenção é despertar o público dessas cidades, principalmente, para apelos de ecoturismo, aventura e turismo rural existentes no estado.

De acordo com o diretor de Marketing da Paraná Turismo, após a seleção dos destinos emissores, foi definido o turismo de curta distância como prioridade, com inspiração em experiências internacionais. “Nesse primeiro momento, vamos incentivar o turismo do Paraná para o paranaense”, destaca Aldo Carvalho.

 

(*) Fonte:   Panorama do Turismo  www.panoramadoturismo.com.br


Fale Conosco!

Nós temos a melhor solução para você e sua empresa.