Abralimp apresenta manual com protocolos de limpeza para hospedagem

Abralimp - manualManual foi desenvolvido especialmente para o período de pandemia

Com o aumento exponencial de reaberturas de hotéis, implementar medidas de higiene é fundamental. Após a ABG (Associação Brasileira de Governantas) lançar seu próprio protocolo de limpeza voltada ao setor, a Abralimp (Associação Brasileira do Mercado de Limpeza Profissional) acaba de anunciar seu Manual de Procedimentos de Limpeza.

Desenvolvido especialmente para o período de pandemia, o manual é voltado para meios de hospedagem. Seguindo ainda o protocolo disponibilizado pelo MTur (Ministério do Turismo), o projeto indica os principais pontos para limpeza no ramo da hotelaria – incluindo quais os procedimentos de higienização e desinfecção adequados para garantir a proteção de hóspedes e funcionários.

“Nos hotéis, todas as ações são efetuadas pelo bem-estar do hóspede, do momento em que ele adentra até sua saída. Então, a limpeza profissional, neste contexto, é um ponto fundamental e significa entregar saúde ao cliente”, elucida Guilherme Salla, diretor do Comitê de Sustentabilidade e Certificação da Abralimp.

Abralimp: o manual

Dentre as instruções, o manual recomenda, por exemplo, que sejam definidos dois funcionários para realizar a limpeza da UH. Um que ficará responsável pela remoção do enxoval e do lixo enquanto outro que deverá ser o responsável pela higienização.

Outro ponto é a adoção de dois protocolos de limpeza nos quartos. Sendo uma durante a estadia do hóspede, realizada em dias alternados e sem a presença dele. E a outra no check-out, incluindo procedimentos mais específicos e abrangendo toda a unidade, do teto ao piso.

Há ainda a recomendação de buscar empresas especializadas na prestação de serviços como parceiras, garantindo assim, maior eficiência nos processos e equipamentos utilizados, produtividade e uma melhor gestão dos resultados.

Para as áreas de piscina, a dica é higienizar espreguiçadeiras, mesas e cadeiras após cada uso. Nos balcões/bancadas, fazer a higienização a cada atendimento. Na troca de roupa de cama e banho, as roupas usadas deverão ser acondicionadas em sacos para não terem contato com outros materiais. Aos interessados, o manual completo está disponível no site.

(*) Crédito da foto: Divulgação/Abralimp

(*) Fonte:   Hotelier News – https://hoteliernews.com.br/

 

 

Fale Conosco!

Nós temos a melhor solução para você e sua empresa.