2021, tendências na hotelaria

 

 

 

2021, tendências na hotelaria 1

Apartamentos mais seguros, exigência (Foto Panorama do Turismo)

Administradora de hotéis de escala planetária, a Rede Accor acaba de lançar um relatório global com tendências de viagem para 2021. O estudo The future of travel in 2021 and beyond – from resilience to recovery (em tradução livre, O futuro das viagens em 2021 e além – da resiliência à redescoberta) traduz uma série de entrevistas com clientes do grupo, totalizando mais de 10.000 participantes.

A primeira tendência apontada é Segurança em primeiro lugar. Se em 2020 a segurança, com os novos protocolos, foi fundamental, ela se mantém como prioridade. Para 77% dos entrevistados, higiene, distanciamento físico e políticas de segurança dos hotéis são fundamentais na escolha de onde ficar, acima de não ter tarifas ao mudar as reservas (69%) e não ter tarifas no cancelamento (68%).

Lazer, lifestyle e local é outro destaque. Ou seja, os clientes estão em busca de lazer e a demanda é doméstica. Atualmente, viagens locais estão atendendo a essa necessidade e as pessoas aproveitam oportunidades para explorar sua região, descobrir o desconhecido em suas comunidades e visitar destinos mais próximos de casa.

Um terceiro tópico apontado foi sobre o futuro das reuniões e dos eventos. Para os profissionais da área, o importante no passado mudou: flexibilidade e segurança são agora os fatores mais fundamentais. Os eventos serão mais curtos, locais e menores. Mais da metade (58%) dos profissionais entrevistados pela Accor acreditam na redução das grandes reuniões, com mais de 150 participantes, mas apenas 25% acreditam em queda para pequenos eventos.

Para fechar, o Trabalho Remoto também veio para ficar. Mais da metade dos viajantes de negócios (53%) acreditam na diminuição da frequência das viagens em comparação ao período do surto da Covid-19.


** Fonte:  Panorama do Turismo   www.panramadoturismo.com.br

 

Fale Conosco!

Nós temos a melhor solução para você e sua empresa.